21/11

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

Danilo Rodrigo Mullinha, surfista local do Guarujá, garantiu título inédito no Circuito Brasileiro de Longboard, no último sábado (19/11), ao derrotar o carioca Marcelo Freitas na terceira fase do Petrobras Longboard Classic. No domingo, o guarujaense venceu o decacampeão brasileiro Picuruta Salazar e o campeão do mundo em 2006 e melhor do Brasil em 2008, Phil Rajzman. O surfista ficou com a coroa da sexta etapa do campeonato no pico mais tradicional do pranchão no Brasil, a Praia da Macumba, no Rio de Janeiro.

“Fico muito feliz. Meu pai estava aqui e esse título é para ele. Dez anos de circuito e a cada ano que passa melhora. Agora tem mais etapas e isso é bom para os atletas que não têm patrocínio e dependem da premiação. Fui vicecampeão mundial em 2007 e estou classificado para o campeonato do ano que vem. Esse título brasileiro aumenta minha confiança e vou com tudo para disputar o título mundial”, afirmou.

Na grande final do feminino, a pernambucana Atalanta Batista garantiu mais um título brasileiro ao vencer a bateria que terminou com a paranaense Fernanda Daitchman em segundo lugar e as cariocas Mainá Thompson e Jasmin Avelino em terceiro e quarto, respectivamente. Com 20 anos, Atalanta, que também foi coroada a melhor longboarder do Brasil em 2010 no Rio de Janeiro, se tornou bicampeã brasileira e levou os R$ 5 mil de premiação do Petrobras Longboard Classic. “Eu estou muito feliz com mais essa vitória. Foi fruto de muita dedicação e foco no que eu quero”, vibrou a surfista.

No site oficial do Petrobras Longboard Classic, é possível conferir o resultado de todas das baterias da competição, as melhores ondas e muita informação sobre os atletas e esta sexta etapa do Circuito Brasileiro.

Confira o resultado das finais deste domingo

Masculino

Danilo Rodrigo (SP) – 16.40

Phil Rjzman (RJ) – 14.60

Feminino

Atalanta Batista (PE) – 10.00

Fernanda Daitchamn (PR) – 9.17

Mainá Thompson (RJ) – 6.16

Jasmim Avelino (RJ) – 4.17

Super Master

Adolfo Jordão (RJ) – 10.60

Eduardo Laplan (RJ) – 8.60

Chico Paioli (SP) – 6.50

John Wolthers (SP) – 3.40

Compartilhe:

17/11

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

Título brasileiro está entre o paulista Mullinha e o carioca Marcelo Freitas. No feminino, a pernambucana Atalanta Batista pode se tornar bi-campeã.

A Praia da Macumba, no Rio de Janeiro, será o palco da final do Circuito Brasileiro de Longboard. O Petrobras Longboard Classic, última etapa da competição, começa nesta sexta e vai até domingo com disputas de tirar o fôlego. O paulista e líder do ranking, Danilo Rodrigues, o Mullinha, briga pelo título inédito com o carioca Marcelo Freitas. No feminino, a pernambucana Atalanta Batista lidera o campeonato e luta para conquistar o bi-campeonato.

Profissional do pranchão desde 2000, Mullinha tem, pela quinta vez na carreira, boas chances de se tornar o melhor longboarder do Brasil. Nas últimas quatro vezes que chegou ao Rio com expectativas de ser sagrar campeão deixou a coroa escapar. No entanto, a Praia da Macumba não traz apenas recordações negativas ao paulista. Em 2003, Mullinha conquistou sua primeira vitória expressiva na carreira ao ganhar o Petrobras Longboard Classic no local.

“Acho que a Macumba é o lugar que mais representa o longboard no Brasil. Com certeza a Macumba é o Longboard House. Me faltou um pouco de sorte nesses últimos campeonatos. O que pega na Macumba é que a onda é mais cheia. Onde eu sou local, na Praia do Tombo, no Guarujá, a onda é mais cavada”, analisa o paulista.

Nas areias da tradicional praia da modalidade, Mullinha contará com o apoio do pai e técnico, de quem herdou o talento e o amor pelo esporte. Para não deixar mais um título escapar, o paulista já tem uma estratégia definida:

“Fiz umas pranchas diferentes, que andam um pouco mais rápido nas ondas largas. Agora estou sossegado, estou bem treinado. Temos que ver na hora”, conta Mullinha.

No feminino, a pernambucana Atalanta Batista, atual campeã brasileira, venceu duas das três etapas disputadas e é líder do circuito, seguida pela paranaense Fernanda Daitchamn e pela carioca Mainá Thompson. Se voltar para casa com a coroa, Atalanta terá conseguido o seu segundo título com menos de três anos no profissional.

Cronograma do Petrobras Longboard Classic na Macumba

Sexta-feira, 18 de novembro

9h a 11h40 | I Fase Trials Pro Maculino – 8 baterias
11h40 a 14h20 | II Fase Trials Pro Masculino – 8 baterias com os back 16 (seeding entre 17 e 32)
14h20 a 15h | Semifinal Pro Feminino – 2 baterias
15h 16h | I Fase Super Master – 4 baterias

Sábado, 19 de novembro
8h a 13h20 | Evento principal Pro Masculino– 16 baterias HxH
13h20 a 16h | I Fase Super Master – 4 baterias

Domingo, 20 de novembro
8h30 a 9h50 | Quartas de final Pro Masculino – 4 baterias
9h50 a 10h30 | Semifinal Super Master – 2 baterias
10h30 a 11h20 | Semifinal Pro masculino – 2 baterias de 25 minutos
11h20 a 11h40 | Final Pro Feminino
11h40 a 12h | Final Super Master
12h a 12h30 | Final Pro Masculino – bateria de 30 minutos

Confira o ranking do brasileiro após a quinta etapa, de Baía Formosa

Masculino
1º Danilo Rodrigues (SP) – 11.465
2º Marcelo Freitas (RJ) – 10.515
3º Roger Barros (RJ) – 9.445

Feminino
1ª Atalanta Batista (PE) – 3.095
2ª Fernanda Daitchman (PR) – 2.840
3ª Mainá Thompson (RJ) – 2.385

Compartilhe:

11/11

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

Disputas serão realizadas na Praia da Macumba de 18 a 20 de novembro com três locais podendo conquistar a coroa.

O local é clássico e não podia ser mais adequado para a decisão do campeonato brasileiro de longboard e da 10ª edição do Petrobras Longboard Classic. Na praia da Macumba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, os melhores atletas do país irão duelar onda a onda de 18 a 20 de novembro pelo título do circuito brasileiro. Os cariocas e locais da Macumba Marcelo Freitas, André Luiz e Roger Barros, segundo, terceiro e quarto do ranking, respectivamente, têm chances de conquistar a coroa em casa.

Em uma das etapas mais charmosas da competição, os surfistas disputam valiosos 2.500 pontos no ranking e uma premiação de R$ 25 mil para o Masculino Pro Open e R$ 5 mil para o Feminino Pro Open. Os veteranos do pranchão também poderão competir na categoria Super Master, acima de 50 anos, e ganharão troféus e kits de premiação.

“Essa etapa da Macumba é muito clássica e o pessoal do long já conhece bastante. Os surfistas de outros estados sempre vêm para o Rio praticar, então as ondas são muito conhecidas por todo mundo. Não beneficia tanto assim os locais, mas é lógico que temos um conhecimento um pouco maior do lugar e uma motivação extra para vencer em casa”, avalia Marcelo Freitas.

Marcelo soma um primeiro lugar, um nono e dois quintos, mais está na vice-liderança pois venceu a etapa de Camaçari, na Bahia, que valia cinco mil pontos no ranking, e está a apenas 300 pontos do líder Danilo Rodrigues, o Mullinha. Roger Barros venceu a quarta etapa do circuito, realizada em Santos, litoral de São Paulo, e pulou para a quarta posição do ranking. Já André Luiz, o Deka, em terceiro lugar, ainda não conseguiu nenhuma primeira colocação, mas manteve a regularidade em todas as etapas e se encontra a menos de mil pontos de Mullinha.

Antes da final no Rio haverá a etapa de Baía Formosa, RN, nos dias 11, 12 e 13 de novembro, que pode embolar ainda mais a competição. Até o momento, todos os resultados estão entrando no somatório do ranking, mas, a partir da quinta etapa, os atletas poderão usar o descarte a seu favor. No final do circuito, apenas quatro resultados serão computados para decidir quem ficará com o título de melhor do Brasil em 2011.

No feminino, a pernambucana Atalanta Batista venceu duas das três etapas disputadas e é líder do circuito, seguida pela paranaense Fernanda Daitchamn e pela carioca Mainá Thompson.

Ranking até a IV etapa

Masculino
1 – Danilo Mulinha (8.965)
2 – Marcelo Freitas (8.690)
3 – André Luiz (8.050)
4 – Roger Barros (7.920)

Feminino
1 – Atalanta Batista (3.095)
2 – Fernanda Daitchman (2.840)
3 – Mainá Thompson (2.385)
4 – Aline Chaves (2.020)

Compartilhe:

21/07

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

O Petrobras Longboard Classic reunirá alguns dos melhores surfistas do mundo na Praia de Ipitanga, em Salvador, na Bahia, entre os dias 22 e 24 de julho. Grandes nomes dos pranchões disputarão o prêmio de R$ 20 mil, além de 1.500 pontos. O campeonato completa 10 anos em 2011.

A Petrobras, patrocinadora oficial do campeonato, levará para a praia de Ipitanga diversas ações promocionais. O público vai testar suas habilidades em cima de uma prancha mecânica, poderá acessar informações sobre as ações ambientais da Companhia em IPadsdisponibilizados no estande da empresa e descansar nas redes disponíveis no local.

Quem estiver em Salvador ainda poderá conferir a exposição Floresta Brasil, também patrocinada pela Petrobras, que mostrará as características dos biomas brasileiros, mata atlântica, cerrado, floresta amazônica e pantanal em quatro ambientes climatizados. A exposição pode ser visitada de 9h às 22h, até o dia 24 de julho, no shopping Barra e a entrada custa R$ 18.

Além da categoria masculina profissional, a primeira etapa do Petrobras Longboard Classic – terceira do Brasileiro na modalidade – terá disputas nas categorias “amador feminino” e “supermaster” (acima de 50 anos), que contará com alguns dos pioneiros do surfe baiano.

A Petrobras investe no surfe brasileiro desde 2002. Anualmente, surfistas de todo o país disputam as competições patrocinadas pela Companhia (Petrobras Longboard Classic, Brasil Surf Pro e Circuito Petrobras nas Ondas) que abrem espaço para os melhores atletas e os novos talentos das ondas. A Petrobras patrocina também, no Rio de Janeiro, o Surf Bus Beach Tour – um ônibus totalmente adaptado para levar surfistas e seus equipamentos por toda a orla carioca.

A competição - Após duas etapas do Campeonato Brasileiro, o paulista Danilo “Mullinha” Rodrigo está em primeiro lugar do ranking, com 3.220 pontos, seguido pelos cariocas Marcelo Freitas, com 2.750, e Phil Rajzman, com 2.290. O também carioca André “Deka” Luiz, atual campeão brasileiro, divide a quarta colocação com o baiano radicado em São Paulo, Carlos Bahia, ambos com 2210 pontos.


Ranking brasileiro após duas etapas:

Masculino Profissional
1 Danilo Rodrigo (SP) – 3220 pontos
2 Marcelo Freitas (RJ) – 2750
3 Phil Rajzman (RJ) – 2290
4 Carlos Bahia (SP) – 2210
4 André Luiz (RJ) – 2210
6 Roger Barros (RJ) – 2095
7 Amaro Matos (SP) – 1970
8 Alex Salazar (SP) – 1915
8 Halley Batista (PE) – 1915
8 Picuruta Salazar (SP) – 1915

Petrobras Longboard Classic
Local: Praia de Ipitanga, Lauro de Freitas – Salvador – Bahia
Data: de 22 a 24 de julho
Categorias: Profissional Masculino (Nível 3A), Feminino Amador e Super Master
Exposição Floresta Brasil
Visitação: de 9h às 22h, até o dia 24 de julho
Shopping Barra – Av. Centenário, bairro Chame-Chame, Salvador (BA)
A entrada custa R$ 18.

Compartilhe:

06/08

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

Pessoal, enquanto esperamos setembro chegar com mais competições de surfe, vamos conferir um vídeo com imagens do que já rolou este ano no Longboard Classic. A competição volta em novembro, na Praia da Macumba (RJ). Fiquem ligados no nosso calendário atualizado com datas e locais. (mais…)

Compartilhe:

23/05

Categoria : Petrobras Longboard Classic

Danilo Mullinha vence Petrobras Longboard Classic

A praia de Solemar, em Jacaraípe, que fica no município de Serra, no Espírito Santo, ficou lotada para ver o Saquaremense, Rodrigo Sphaier, sagrar-se bicampeão da primeira etapa do Petrobras Longboard Classic. O mau tempo não espantou o público, que torceu muito durante todo o campeonato. Na final, Sphaier enfrentou o local do Guarujá, Jaime (mais…)

Compartilhe:

POSTS

Nas Ondas
Seletiva Petrobras de Surfe Masculino
Circuito Petrobras de Surfe Feminino
Petrobras Longboard Classic
Brasil Surf Pro
Circuito Petrobras

ÁLBUM

TAGCLOUD