13/06

Tag : Ipojuca

Thomas Hermes e Diana Cristina são campeões no Cupe

Com uma atuação excelente na final, o catarinense Thomas Hermes impediu que a festa nordestina fosse completa na primeira etapa do Brasil Surf Pro, o Circuito Brasileiro Profissional, que terminou neste domingo, na Praia do Cupe, em Ipojuca, Pernambuco. Intruso numa semifinal de surfistas da região, Hermes, campeão da última etapa do ano passado, no Rio, derrotou o paraibano Jano Belo na semifinal e o baiano Bruno Galini na grande decisão, e começou 2011 como terminou 2010: no lugar mais alto do pódio. No feminino, a vitória foi da paraibana Diana Cristina sobre a cearense Tita Tavares na final. Assim como Hermes, Tininha manteve a invencibilidade, pois também conquistara o título na etapa carioca.

Thomas Hermes foi o campeão da primeira etapa. Foto: Fabio Minduim

A final entre Hermes e Galini foi digna de todo o campeonato, que teve ótimas ondas desde quarta-feira, mas no domingo o vento forte deixou o mar de meio a um metro muito mexido. Mesmo em condições difíceis, os finalistas conseguiram mostrar muito talento.

Hermes foi consistente desde sua estreia e deixou pelo caminho as estrelas da competição até então, Halley Batista e Caio Ibelli, no sábado. Na semifinal, parecia ainda estar se acostumando às novas condições, mas mesmo assim passou pelo paraibano Jano Belo por 11,67 a 10,50. Na final, pegou pela frente Galini, que vinha de vitórias também muito convincentes:

Os dois finalistas, além do semifinalista Alan Jones foram os surfistas mais verdes da competição, com três notas iguais ou acima de oito.

Diana Cristina foi a campeã da primeira etapa. Foto: Fabio Minduim

Na competição feminina, Diana Cristina passou pela paulista Luana Coutinho por 10,67 a 5,13, enquanto Tita superou a catarinense Gabriela Leite por 10,67 a 5,13, garantindo uma final da região. Numa disputa com muitas viradas, Diana levou a melhor e venceu 10,26 a 9,57.

A próxima etapa do Brasil Surf Pro acontece em Búzios, de 13 a 17 de julho.

Compartilhe:

07/06

Tag : Ipojuca

Thomas Hermes e Diana Cristina são campeões no Cupe

Chegou a hora de começar o Brasil Surf Pro, que completa 25 anos de história este ano. Com cinco etapas e premiação total de R$ 1 milhão, o Brasil Surf Pro 2011 dá a largada na quarta-feira, dia 8, na Praia do Cupe, em Ipojuca, em Pernambuco, com a participação dos 80 melhores surfistas em atividade no Brasil. As disputas do Brasil Surf Pro do Cupe poderão ser acompanhadas ao vivo no site e, a partir deste ano, será possível obter todas as informações sobre o evento no aplicativo criado para o Iphone.

Quem chega ao Cupe motivado é o catarinense Jean da Silva, atual campeão brasileiro. Atualmente morando no Rio, Jean da Silva conquistou seu primeiro título brasileiro nas ondas da Barra da Tijuca, na última etapa, e garante estar ainda mais bem preparado para 2011.

Jean da Silva pode conquistar o bicampeonato no Brasil Surf Pro

Apesar do ótimo resultado em 2010, Jean, que enfrentará os melhores surfistas do Brasil, terá que brigar muito para garantir o bicampeonato. Entre os principais participantes estão o potiguar Alan Jhones, o baiano Bruno Galini, os paulistas Heitor Pereira e Hizonome Bettero, além do saquaremense Léo Neves.

No feminino, a paulista de Ubatuba Suelen Naraísa foi a grande campeã de 2009 e 2010. Com a responsabilidade de defender o bicampeonato, Suelen está empenhada em garantir mais um título para se aproximar das recordistas Andrea Lopes e Tita Tavares, que venceram o circuito Brasileiro quatro vezes cada. Tita, inclusive, é uma das principais adversárias de Suelen na primeira etapa. Já Andrea, que ano passado chegou a anunciar a aposentadoria, não estará no Cupe, mas deve participar do restante do Circuito.

Além de Tita, Suelen tem entre suas principais adversárias a paraibana Diana Cristina, a também paulista Camila Cássia, Taís de Almeida, de Saquarema, a pernambucana Monik Santos e a catarinense Juliana Quint, e ainda outras surfistas da nova geração.

Outros três estados servirão de palco para os melhores surfistas do país desfilarem suas manobras, além de Pernambuco. O Rio de Janeiro recebe duas etapas. A segunda em Búzios, no norte do estado, de 13 a 17 de julho, e a quinta e última da competição, na Praia da Barra da Tijuca, na capital fluminense, de 14 a 18 de dezembro. Ubatuba, no litoral paulista não poderia ficar de fora. É a Praia mais tradicional do Circuito, presente em todas as edições e, este ano, receberá a terceira etapa, de 14 a 19 de setembro. Em seguida o evento se muda para o sul do país. A famosa Praia da Joaquina, templo do surfe catarinense, sediará a quarta etapa, de 02 a 06 de novembro.

Novidades

Na última edição do BSP, 10 atletas da categoria masculina se classificavam pelo ranking do Brasil Tour. Este ano, apenas os seis surfistas mais bem colocados pelo Brasil Tour, e que já não estejam disputando o BSP, conseguirão a vaga. O número de convidados também está diferente. Na última temporada oito atletas recebiam convites, agora serão apenas seis: um atleta contundido em 2010, o campeão Pro Júnior, dois locais de cada evento e dois classificados pelas triagens. A triagem será disputada em todas as etapas entre quatro atletas: Pablo Paulino (CE), Peterson Rosa (PR), Jorge Spanner (RJ) e Marco Polo (SC). Apenas dois destes nomes passarão para a competição principal.

A categoria feminina também sofreu pequenas mudanças. O número de atletas continua o mesmo. Serão 16 surfistas, uma delas saída das triagens do Brasil Tour. A bateria de triagem será composta pelas quatro atletas mais bem colocadas no ranking de acesso até a etapa. Apenas a vencedora desta disputa garantirá vaga para o BSP.

Compartilhe:

POSTS

Nas Ondas
Seletiva Petrobras de Surfe Masculino
Circuito Petrobras de Surfe Feminino
Petrobras Longboard Classic
Brasil Surf Pro
Circuito Petrobras

ÁLBUM

TAGCLOUD